Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • 2010
  • Adolescente assassinado dará nome à Praça

Adolescente assassinado dará nome à Praça

Adolescente assassinado dará nome à Praça

Rosa, em pé, durante votação do projeto

A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (17/11), projeto de lei que denomina como Felipe Selhi Cunha, a praça localizada entre as ruas Cônego Cipião e Álvaro Machado e a Avenida Moraes Salles, próximo ao Viaduto Miguel Vicente Cury, no Centro. O local fica no cruzamento onde o adolescente Felipe, 16 anos, foi assassinado a facadas durante um assalto. Nesta quinta-feira (18/11) completa seis meses da morte do rapaz.

Desde o assassinato, a mãe do adolescente Rosa Paula Selhi, iniciou em Campinas um movimento chamado Felipe Selhi. O objetivo é cobrar das autoridades políticas de Segurança Pública. A partir do próximo ano, o movimento passará a ser uma Organização Não Governamental (ONG). E uma das ações foi a revitalização da Praça.

“Eu não pedi ao prefeito que desse o nome do meu filho àquela Praça. O que eu queria era a iluminação. Proporcionar as outras pessoas, que por ali passam, a sensação de segurança e assim que elas não virem vítimas como aconteceu com o Felipe. Mas o prefeito meu deu mais do que isso, estou muito agradecida”, disse Rosa. O presidente da Câmara, Aurélio Claúdio (PDT) comentou a aprovação do projeto. "A denominação da praça é pouco, mas é o que a Câmara pode fazer neste momento. O seu filho agora está imortalizado na cidade e a sua vida para sempre", disse Aurélio.

O projeto de lei deve ser sancionado pelo Prefeito Hélio de Oliveira Santos nas próximas semanas. Após a publicação no Diário Oficial do Município, a praça já recebe o nome de Felipe.

Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas
Fotos: A.C.Oliveira/CMC
Publicada em 17/11/2010 21h44