Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • 2010
  • Câmara aprova descentralização da Cimcamp

Câmara aprova descentralização da Cimcamp

Projeto prevê unidades nos distritos de Barão, Sousas, Joaquim Egídio e nas regiões do Campo Grande e Ouro Verde.
Câmara aprova descentralização da Cimcamp

Ferrari (1ª à esq.) conversa com colegas

A Câmara Municipal de Campinas aprovou na noite desta quarta-feira (28/04), em segunda discussão, o projeto de autoria do vereador Thiago Ferrari (PMDB), que amplia a abrangência da Central Integrada de Monitoramento de Campinas (Cimcamp).

O projeto cria a Unidade Integrada de Monitoramento Distrital (Unimod), que pretende imprimir maior agilidade e qualidade aos procedimentos na área de segurança pública nos distritos de Campinas. Na proposta aprovada, novas unidades serão instaladas nos distritos de Barão Geraldo, Joaquim Egídio, Sousas, Nova Aparecida e nas regiões do Campo Grande e Ouro Verde. A proposta segue agora para a sanção do prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT).
De acordo com levantamento apresentado pelo parlamentar, em 2009, Campinas registrou média de 14,82 homicídios para cada grupo de mil habitantes, contra média de 11,56 da capital paulista. Campinas também apresenta desempenho desfavorável em outros índices. Os casos de roubo subiram quase 18% entre 2008 e 2009 e o de furtos apresentaram aumento de 13,7% no mesmo período. Por conta disso, Thiago Ferrari diz acreditar ser necessária a ampliação do sistema.

A Cimcamp reúne, em um mesmo espaço, agentes da Guarda Municipal, da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da Defesa Civil e da SETEC - Serviços Técnicos Gerais, no trabalho integrado para o combate a todo tipo de ocorrência registrado na cidade. A central foi inaugurada em julho de 2006 e está localizada na Rua Dr. Salles Oliveira, 1028, na Vila Industrial.

Em fevereiro deste ano, a Prefeitura anunciou investimentos de mais R$ 2,5 milhões na aquisição de 40 novas câmeras para a ampliação dos pontos monitorados da Central, que vai levar patrulhamento a distância a mais 21 pontos da cidade. A previsão da Prefeitura é de que todos os equipamentos estejam em operação até o final deste mês. Com isso, a central passará a contar com 134 pontos monitorados, por meio de 371 câmeras instaladas em toda a cidade.

Pronasci – No inicio deste ano, a Prefeitura também anunciou investimentos de mais R$ 1,5 milhão do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci),no monitoramento de outros 13 pontos da cidade. Nestes pontos, as câmeras permitirão que a Prefeitura amplie seu trabalho preventivo voltado às ações de segurança e também de monitoramento de pontos sujeitos a alagamentos, como a Praça José de Souza Siqueira, no distrito de Sousas, às margens do Rio Atibaia.


Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas

Foto: A.C. Oliveira/CMC 

Publicada em 28/04/2010 19h57