Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • 2010
  • Câmara aprova projeto que inclui fisioterapeutas na rede

Câmara aprova projeto que inclui fisioterapeutas na rede

Câmara aprova projeto que inclui fisioterapeutas na rede

Vereador Sérgio Benassi

A Câmara Municipal de Campinas aprovou na noite desta segunda-feira (24/05), em primeira discussão, projeto de autoria do vereador Sérgio Benassi (PCdoB) que inclui a figura do fisioterapeuta nas equipes multidisciplinares e multiprofissionais em programas de assistência à saúde da rede pública municipal. De acordo com o vereador, a inclusão desse profissional é importante, “em razão do aumento da procura por este tipo de serviço e da lacuna já identificada pelo Poder Público em suas unidades e programas de saúde”, disse.

A regra vale para programas já instalados e para os que venham a ser implantados, que estejam relacionados à assistência à saúde da família; do idoso, da criança, jovem e adolescente; da pessoa deficiente e de outras pessoas em razão de indicações terapêuticas.

De acordo com a professora e fisioterapeuta Rosângela Guerra da Costa, existem apenas 28 fisioterapeutas contratados pela rede pública municipal. “Numa cidade de mais de 1 milhão de habitantes isso não é nada”, argumenta ela. Esse grupo, diz a fisioterapeuta, trabalha em áreas do Hospital Mario Gatti, no Centro de Referência do Idoso, no Centro de Reabilitação de Sousas.

Segundo a professora, dos 44 postos de saúde existentes na rede municipal, apenas três contam com profissionais da fisioterapia e, assim mesmo, são provenientes da PUC-Campinas, com quem a Prefeitura mantém um acordo.


“Quem pensa a saúde integrada, quem pensa a saúde abrangente e quando tem de pé um sistema de saúde como é o SUS implantado, precisa reforçar a presença desse profissional. Então, foi essa a origem da idéia e o debate ajudou a verificar se essas ideias estavam corretas, estavam no momento adequado e na forma adequada. Recebemos o apoio de associações, e diversos profissionais de fisioterapia e agora vamos batalhar para que isso vire realidade”, disse o vereador Sérgio Benassi.

O projeto ainda será submetido a um segundo turno de votações.


Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Foto: A.C. Oliveira/CMC

Publicada em 24/05/2010 22h28