Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • 2010
  • Câmara mantém veto a projeto de reuso da água

Câmara mantém veto a projeto de reuso da água

Câmara mantém veto a projeto de reuso da água

Benassi (esq) conversa com Paulo Oya

A Câmara manteve o veto ao projeto de lei de autoria do vereador Sérgio Benassi (PCdoB), que pretendia instalar reservatórios para captação e utilização de água pluvial, de uso não potável, para ser usada, por exemplo, na limpeza de condomínios, clubes, entidades, indústrias, entre outros.


No veto, o Executivo alega que a Sanasa apontou “uma série implicações de ordem técnica” no projeto. Segundo o órgão, “não existe norma técnica da ABNT para orientar a execução, operação e manutenção” de sistemas para captação e utilização da água da chuva.


Além disso, afirma que a Sanasa não detém condições técnicas para assumir o compromisso dos serviços de instalação, operação e manutenção do sistema. “A Sanasa é dividida em dois setores: água e esgoto. Desconfio que o veto foi recomendado pela turma do esgoto”, disse o vereador Benassi.


Pelo projeto, o sistema de reuso deveria conduzir a água captada por telhados, coberturas, terraços e pavimentos descobertos para o reservatório para que a ela fosse reutilizada.
A água não potável pode ser utilizada em descarga de vasos sanitários; irrigação de jardins, lavagens de veículos, limpeza de paredes e pisos, limpeza e abastecimento de piscinas, lavagens de passeios públicos ou de peças. A proposta visa reduzir o consumo de água da rede pública e o alto custo de fornecimento.

Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas
Fotos: A.C.Oliveira/CMC

Publicada em 9/06/2010 22h01