Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • 2010
  • Lan Houses poderão ter de cadastrar frequentadores

Lan Houses poderão ter de cadastrar frequentadores

Lan Houses poderão ter de cadastrar frequentadores

Vereador Tadeu Marcos

Projeto de autoria do vereador Tadeu Marcos (PTB) pretende mudar radicalmente o sistema de funcionamento das lan house e cyber cafés. O projeto que começou a tramitar esta semana na Câmara prevê que todos os menores de idade que frequentarem esses estabelecimentos deverão ser cadastrados.

Além disso, o conteúdo acessado por esses adolescentes serão armazenados e poderão ser rastreados caso requisitado pelos pais ou numa eventualidade na suspeita de um crime, por exemplo. “Pela facilidade do acesso temos casos de menores que acabam usando indiscriminadamente os computadores e as vezes até sem a devida cautela dos proprietários desses estabelecimentos”, disse Tadeu Marcos.    

O local também terá câmeras de monitoramento de segurança que preservará as imagens gravadas. Pelo projeto, as lan house ou cyber café terão que manter uma relação com o nome do usuário, data de nascimento, endereço, telefone e o nome dos pais. O cadastro ainda deve conter uma autorização feita pelos pais ou responsáveis permitindo que o adolescente frequente o local.

“Queremos ser mais rigorosos, qualificar mais esse tipo de serviço e envolver os pais. É uma maneira que estamos buscando de preservar esses jovens”, disse o vereador. O projeto ainda não tem data para entrar em votação.

Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas
Fotos: A.C.Oliveira/CMC

Publicada em 3/02/2010 17h23