Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • 2010
  • Projeto que muda taxa do ISSQN passa em 1ª votação

Projeto que muda taxa do ISSQN passa em 1ª votação

Alíquota cai de 5% para 2% e vai beneficiar 24 categorias de profissionais liberais
Projeto que muda taxa do ISSQN passa em 1ª votação

Vereadores em plenário

A Câmara Municipal de Campinas aprovou na noite desta quarta-feira (15/09), em primeira discussão, projeto de autoria do Executivo que altera o sistema de cobrança do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza. O projeto altera o artigo 27 da Lei 12.392 de outubro de 2005 e reduz de 5% para 2% a alíquota do ISSQN para 24 categorias de prestadores de serviços, dos quais, 17 são do setor da saúde.

A expectativa do Executivo é voltar a receber dos contribuintes que deixaram de pagar cerca de R$ 2,9 bilhões aos cofres públicos porque estão questionando os valores na Justiça.


De acordo com a Prefeitura, o objetivo do projeto é estabelecer critérios mais objetivos para o enquadramento no regime de lançamento do imposto, diminuindo as variáveis, no que implica maior segurança para a classificação do prestador de serviço. Com isso, o Executivo acredita que vai reduzir a possibilidade de infração como a inadimplência, por exemplo, e questionamentos jurídicos em relação ao enquadramento.


Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Foto: A.C. Oliveira/CMC


Publicada em 15/09/2010 21h14