Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • 2010
  • Projeto que prevê campanha de combate ao crack passa em 1ª votação

Projeto que prevê campanha de combate ao crack passa em 1ª votação

Consumo da droga vem crescendo no País
Projeto que prevê campanha de combate ao crack passa em 1ª votação

Vereadores em plenário da Câmara

A Câmara de Vereadores aprovou na noite desta quarta-feira (31/05), em primeira discussão, o projeto de lei de autoria do vereador Dário Saadi (DEM) que pretende instituir em Campinas o Programa Especial de Combate ao Uso do Crack. O objetivo é informar a população sobre os efeitos do uso da droga, que vem aumentando em Campinas, além de promover ações preventivas.

"É de conhecimento de todos que a dependência do crack é a mais complexa e por isso um dos grandes desafios da sociedade. Por isso, estamos propondo que seja implantado na rede municipal de educação e saúde um programa contínuo de prevenção”, disse o vereador.

Pelo projeto, a Prefeitura ficaria responsável pela implantação do programa que pode ser realizado por meio de convênios ou parcerias com entidades pública e não governamentais para desenvolver atividades nas Escolas Municipais e postos de saúde.

O consumo de crack, droga antes associada apenas à pobreza e que agora alcançou a classe média, é considerada a mais agressiva, tem maior facilidade em causar dependência, além de ser mais barata, o preço varia de R$ 5,00 a R$ 10,00.

De acordo com dados apresentados à Câmara dos Deputados no início de maio, quando foi lançado o programa nacional de combate ao uso da droga, o número de usuários hoje no Brasil está em torno de 1,2 milhão. A idade média para início do uso da droga é 13 anos, segundo estimativa feita com base em dados do censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

O programa de combate que deve atuar em três frentes: combate, prevenção e tratamento. O projeto de autoria do vereador Dário Saadi deve retornar a pauta para uma segunda votação nas próximas semanas.


Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas

Fotos: A.C.Oliveira/CMC

Publicada em 31/05/2010 21h33