Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • 2010
  • Projeto quer banheiro químico para servidor em trabalho externo

Projeto quer banheiro químico para servidor em trabalho externo

Projeto quer banheiro químico para servidor em trabalho externo

Elcio Batista (esq.) e Paulo Oya

A Câmara Municipal de Campinas começou a analisar o Projeto de Lei, de autoria dos vereadores Dr. Elcio Batista (PSB) e Paulo Oya (PDT), que obriga a Prefeitura Municipal a disponibilizar banheiro químico para os servidores públicos que estiverem em serviços externos.

De acordo com o projeto, para cada equipe que tenha a partir de 10 servidores, trabalhando em serviços externos, deverá ser dsponibilizado um banheiro químico. O projeto ainda contempla os servidores da administração indireta (empresas públicas, autarquias e fundações), funcionários de empresas prestadoras de serviço e reeducandos.

Na justificativa, os autores do projeto alegam que o constrangimento que esses servidores passam é enorme, pois precisam pedir para usar banheiro nas residências e nos comércios, o que, em muitos casos, é negado. Já no caso dos reeducandos, por serem “presidiários” a situação fica pior, porque os moradores e comerciantes têm medo e acabam negando o uso de seus
banheiros.
Para virar Lei, o projeto deverá passar por duas votações na Câmara
Municipal e ser sancionado pelo Prefeito Dr. Hélio de Oliveira Santos
(PDT).

Texto: Assessoria de Imprensa do gabinete do vereador Elcio Batista
Foto: A.C. Oliveira/CMC

Publicada em 14/12/2010 13h00