Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • Abril
  • Projeto prevê diminuir a exposição ao gás benzeno em postos de combustível

Projeto prevê diminuir a exposição ao gás benzeno em postos de combustível

20/04/2015

Um projeto de lei de autoria do vereador Pedro Tourinho (PT) foi amplamente discutido em debate público na Câmara Municipal na última semana: o objetivo do PL280/14 é proibir os postos de combustíveis de abastecerem os veículos após ser acionada a trava de segurança da bomba de abastecimento. A medida, segundo Tourinho, diminui a exposição do frentista e de quem abastece o carro ao gás benzeno que sai do tanque. “O gás benzeno é uma substância reconhecida por sua alta toxicidade e não existe um nível seguro para exposição a ele”, ressalta o vereador.

O benzeno é um gás mais pesado do que o ar, sendo assim, qualquer vazamento do vapor desce e se concentra onde há circulação de pessoas. No caso dos frentistas, ele se acumula exatamente onde os trabalhadores abastecem os veículos. “O benzeno é uma substância cancerígena e se acumula nas células gordurosas, podendo causar alteração no sangue e na medula óssea” esclarece Arline Arcury, da Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho – Fundacentro.

“Imagine uma mulher frentista grávida exposta a isso? Essa lei proposta pela Câmara de Campinas é uma forma de prevenir e preservar a saúde de quem tem contato com o benzeno”, diz Telma Maria Cardia, da Secretaria da Mulher da Federação Nacional dos Frentistas.

Para Emílio Martins, vice-presidente do Sindicato Varejista de Derivados do Petróleo de Campinas e Região (RECAP), “a lei é extremamente importante e é unânime”. “Tanto entre os empresários donos de postos de gasolina, quanto entre os trabalhadores e sindicatos”, reforça. Neste sentido, de legislar a respeito da exposição ao gás benzeno, também tramita na Assembleia Legislativa o projeto de lei de autoria do Deputado Estadual petista Marcos Martins, que também esteve presente no debate.

Texto e foto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas

Publicada em 20/04/2015 13h40