Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • Abril
  • Cidadania: após Seminário Legislativo que marcou o 4º aniversário da Elecamp, Rafa Zimbaldi protocola projeto de lei para que escolas municipais usem livro que explica Constituição

Cidadania: após Seminário Legislativo que marcou o 4º aniversário da Elecamp, Rafa Zimbaldi protocola projeto de lei para que escolas municipais usem livro que explica Constituição

16/04/2018

Na semana em que completou quatro anos de sua fundação, a Escola do Legislativo de Campinas (ELECAMP) promoveu na última sexta (13) o I Seminário Legislativo da Região Metropolitana de Campinas, que teve como tema “o Poder Legislativo e a Educação Política: Desafios e Possibilidades”. Em meio ao debate sobre a necessidade dos jovens terem maior participação política e noção dos próprios direitos e deveres cívicos, o vereador Rafa Zimbaldi (PSB), presidente da Casa, protocolou um projeto de lei que vai ao encontro deste objetivo, propondo a inclusão do livro “A Constituição em Miúdos” no conteúdo programático das Escolas Municipais.

“O livro é uma publicação do Senado Federal em parceria com a Associação Brasileira das Escolas do Legislativo - Abel e a Câmara Municipal de Pouso Alegre, que traz o conteúdo da Carta Magna em linguagem compreensível às crianças em idade escolar. As escolas municipais poderão, com o uso dessa publicação, compreender as regras que norteiam nosso cotidiano, além de despertar nos estudantes a importância da política e qa noção de que todos precisam participar ativamente dela para que nossa sociedade possa ter conquistas mais efetivas em qualidade de vida”, diz Rafa Zimbaldi.

O parlamentar lembra que a Câmara já está atuando em busca dessa conscientização junto ao público estudantil por meio do Parlamento Jovem, cujas reuniões com os parlamentares mirins, que estão sendo eleitos até o dia 18 de abril, serão iniciadas em 10 de maio. Neste ínterim já ocorreu a capacitação dos professores pela Elecamp e os estudantes já estão tendo videoaulas sobre o processo legislativo, além de estarem previstas reuniões na Câmara nas quais inclusive conhecerão os “padrinhos” vereadores.  

“Estes alunos de 8º e 9º ano das escolas públicas participantes serão inseridos na discussão do poder legislativo e a produção por parte desses jovens vereadores será importante para eles mas também para nós, vereadores. Entendemos, porém, que há espaço para ampliar esta conscientização política nas escolas, inclusive entre os alunos mais jovens que precisam saber os direitos e deveres que eles mesmos e suas famílias já têm, por isso estamos propondo a adoção do livro”, elucida o presidente da Câmara.

Rafa finaliza falando um pouco sobre a importância da Escola do Legislativo de Campinas, na tem sido valorizada pelo Legislativo tanto na gestão passada dele como presidente da Casa (2015-2016) como na atial (2017-2018). “A Elecamp tem marcado uma importante trajetória dentro da Câmara, e se mostra indispensável não só para capacitar os funcionários públicos como também para fazer a aproximação entre população e Poder Legislativo. Este trabalho é um dos fatores que ajuda a mudar a visão que muita gente tem de que o compromisso do eleitor com a política termina no momento do voto, quando na verdade ele começa no voto”, ressalta. 

O evento da última sexta, que marcou os quatro anos de existência da Escola do Legislativo de Campinas, contou com as palestras de Florian Madruga, presidente da Associação Brasileira de Escolas do Legislativo e de Contas – Abel, que explicou sobre a importância das escolas legislativas no país, e de Alexsandro Soares, coordenador da Escola do Legislativo de São Paulo, que informou sobre como abordar educação política na escola, e de que forma as escolas legislativas podem contribuir nessa missão. O seminário contou ainda com a presença de vereadores de diversos municípios da região, bem como representantes de escolas legislativas de diversas cidades e servidores públicos.

Texto e foto: Central Institucional da CMC

Publicada em 16/04/2018 17h32