Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • Novembro
  • Comissão da Mulher propõe ampliação do debate sobre creche em tempo integral em Campinas

Comissão da Mulher propõe ampliação do debate sobre creche em tempo integral em Campinas

09/11/2018

A reunião da Comissão da Mulher desta quinta-feira (08), presidida pela vereadora Mariana Conti (PSOL), teve como destaque o debate sobre a permanência em tempo integral de crianças até seis anos de idade nas creches do município. A vereadora ressalta que vem recebendo reclamações de mães do bairro Costa e Silva sobre a questão, pois, segundo ela, a prefeitura já vinha fazendo várias mudanças na classificação da educação infantil e esse era o último bairro onde ainda havia o regime de agrupamento misto em tempo integral.

“A educação infantil é um direito da criança, um aspecto fundamental para seu desenvolvimento. É um período de formação que vai repercutir para todas as outras idades. Mas a garantia do direito da criança passa pelo cuidado com o direito da mulher, a quem cabe historicamente o cuidado com a criação. Por isso quero trazer esse debate para essa comissão”, enfatiza a parlamentar.

Mariana Conti propôs o encaminhamento de problematizações saídas da Comissão para o “Plano Municipal da 1ª Infância”, que está na fase de consultas públicas após formulação por um grupo intersetorial da Prefeitura. “Estou propondo aos demais membros dessa comissão o encaminhamento de questões como a não-previsão de escola em tempo integral para crianças acima de três anos. Acredito que tem que ser uma contribuição oficial desta Casa para que tenha peso”, explica. 

A parlamentar destaca ainda a importância da participação de as mães tornarem público as dificuldades que enfrentam no dia a dia por conta da falta de creches. “Precisamos trazer essas mulheres para dar seus depoimentos, para que a formulação das políticas públicas passe pela realidade de vida das pessoas”, conclui.

Texto e foto: Central de Comunicação Institucional da CMC

Publicada em 9/11/2018 09h00