Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • Maio
  • Cidão Santos protocola moção de protesto pelo fechamento do plantão do 5º DP e cobra que autoridades estaduais aumentem quadro da Polícia Civil

Cidão Santos protocola moção de protesto pelo fechamento do plantão do 5º DP e cobra que autoridades estaduais aumentem quadro da Polícia Civil

16/05/2019

O vereador Cidão Santos (PROS) protocolou na Câmara Municipal uma Moção de Protesto pelo fechamento do Plantão Policial do 5º Distrito Policial (DP), localizado no Jardim Amazonas, em Campinas. O documento, já aprovado em Plenário na sessão ordinária de quarta-feira (15), será encaminhado ao governador do Estado, João Dória Júnior, e ao secretário Estadual de Segurança Pública, João Camilo Pires de Campos.

A preocupação do vereador se origina do fato de a região ter cerca de 200 mil moradores e, sem o serviço,  o cidadão que precisar registrar qualquer ocorrência nos finais de semana e feriados terá que se deslocar até o Centro da cidade. Ainda no documento, Cidão Santos pede às autoridades estaduais que recomponham o quadro de funcionários da Polícia Civil, não só de Campinas, mas de todo Estado. 

“Esta medida tem que ser adotada com urgência até para que o Plantão Policial do 5º DP volte a funcionar, pois um dos fatores que colaborou com o fechamento deste atendimento foi justamente a falta de material humano”, explica o parlamentar. 

Segundo dados obtidos pelo vereador, referentes ao ano de 2018, o déficit de policiais civis na cidade de Campinas apontava 246 vagas. A maior ausência é para o cargo de Escrivão, onde há 93 vagas; Investigador de Polícia tem déficit de 63 e faltam 12 delegados. Outras funções, como Agente Policial e Papiloscopista também apresentam número de servidores insuficientes. “No que diz respeito a área do Deinter-2, que abrange nossa região, com 39 municípios, a carência de policiais chega ao número de 725, ou seja 39% de todo material humano necessário para a realização desta atividade policial.”

 Esta não é a primeira vez que o Plantão do 5º DP tem as portas fechadas pelo Governo do Estado. Em março de 2014, por exemplo, ocorreu a mesma situação. No entanto, inconformado pela medida adotada pelo governo, Cidão Santos, liderando uma comitiva de vereadores, foi até o poder executivo da cidade, e numa conversa com as autoridades da Estado, reverteu a medida, e o plantão, à época, voltou a funcionar no dia seguinte.

 

Texto: gabinete do vereador Cidão
Foto: Central de Comunicação Institucional da CMC

Publicada em 16/05/2019 16h27