Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Navigation
  • Setembro
  • Projeto de Cidão Santos obriga as escolas do ensino fundamental a implantar o Programa Educação Comportamental

Projeto de Cidão Santos obriga as escolas do ensino fundamental a implantar o Programa Educação Comportamental

11/09/2019

O vereador Cidão Santos (PROS) protocolou Projeto de Lei Ordinária para que as escolas da rede pública e particular em Campinas implantem o programa “Educação Comportamental”, para os alunos do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano), a partir dos 6 anos de idade.

A ideia de Cidão é que este programa ocupe uma lacuna existente hoje nas escolas, que é a formação do ser humano. “Esse programa atuará diretamente no desenvolvimento de cada ser humano, buscando respostas nas questões que o aflige nesta fase da vida, tais como religiosa, homossexualismo, política, bulling, vocação profissional e outras”.

Segundo o parlamentar, para conseguir resultados satisfatório, a lei prevê que a implantação do programa Educação Comportamental deverá ser planejado e estruturado por profissionais multidisciplinares, das áreas de Psicologia, Sociologia, Pedagogia e Assistência Social.

“Já aplicação aos alunos será por professores das mesmas áreas acima identificadas, mas diferentes na experiência e vivência, podendo ser estagiários e recém-formados, o que abrirá um leque de oportunidades no mercado de trabalho destes profissionais”, destaca Cidão.

O vereador lembra que o programa Educação Comportamental chega para somar com as disciplinas existentes, mas com aspecto prático na formação do ser humano. “É um complemento, ao aprendizado escolar, mas que levará para a vida toda. Destaco ainda que esses profissionais que aplicarão o programa nas escolas serão os agentes transformadores neste mundo modernizado do século 21, deste mundo digital, no qual as coisas e os fatos acontecem rapidamente e são consumidas de maneiras mais rápidas ainda, não tendo, portando, uma relação mais próxima de um ser humano ao outro”.

O projeto será encaminhado às comissões, para, posteriormente, ser apresentada em plenário para votação em dois turnos.

 

Texto: Gabinete do vereador Cidão Santos (PROS)

Foto: Central de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Campinas

Publicada em 11/09/2019 16h02