Ir para o conteúdo.Ir para a navegação

Composições das Legislaturas: de 1797 à atualidade

Por meio de um levantamento inédito realizado pelo historiador da Câmara, Murilo Favaretto, foram identificadas as composições da Câmara Municipal de Campinas desde sua fundação, em 15 de dezembro de 1797. Importante notar que, por uma questão de rigor histórico, só foram relatados nas composições de cada legislatura os vereadores – ou similares da época – sobre os quais havia registros documentais confiáveis. 

“Em muitas legislaturas da primeira fase da Casa, por exemplo, havia uma rotatividade muito grande de vereadores, as pessoas eram indicadas e muitas vezes nem assumiam ou o faziam rapidamente e desistiam, e como não havia registros regulares, fica impossível afirmar quem realmente exerceu ou não o cargo. Assim, na primeira fase só temos certeza efetiva dos chamados juízes (o juiz ordinário e o juiz companheiro), que seriam o similar ao cargo de presidente da Câmara”, explica Favaretto.

Da mesma maneira, neste levantamento inicial, a falta de padronização dos registros localizados impede uma identificação efetiva e distinta dos vereadores e suplentes das chamadas segunda (1829-1889) e terceira fase (1890 a 1937) da Câmara Municipal.  Assim, optou-se neste momento pela divulgação dos nomes dos presidentes da Casa nestas fases, visto que eles foram registrados documentalmente de maneira inequívoca.

Composições:  

1797 a 1828: os juízes

1829 a 1880: mais votados tornam-se presidentes

1881 a 1890: eleições anuais para presidente da Casa

1891 a 1930: da República ao pré-getulismo

1930 a 1937: de Conselho Consultivo ao fechamento por imposição do Estado novo

1948 a 1951: a primeira Câmara após o fechamento

1952 – 1955

1956 – 1959

1960 – 1963

1964 - 1968

1969 – 1972

1973 – 1976

1977 - 1982 (prorrogada pela EMC nº 14) até 31/01/83

1983 - 1988

1989-1992

1993-1996

1997- 2000

2001 - 2004

2005 - 2008

2009 - 2012

2013 – 2016

2017 - 2020